OBS.4s: observações quadradas para um mundo redondo sobre um Deus triúno!

22/09/2008

Lectio Divina


A bíblia sempre foi considerada a palavra de Deus. Sempre houve, entretanto, uma incoerência que eu não notava no fato de termos ela em livro, com palavras impressas. Acredito sim que a palavra impressa é muito importante, mas acho que uma palavra impressa não é necessariamente a fala de Deus.
A palavra de Deus é pra ser ouvida, não é a toa que Jesus muitas vezes disse: - Aquele que tem ouvidos para ouvir, ouça. Porém, nós estamos acostumados a simplesmente pegar e lê-la, sem ouvi-la. Usamos a bíblia quando queremos e quando não queremos guardamos ela, como se nós tivéssemos o poder de restringir a voz de Deus para nós, e não sermos da palavra de Deus. Jesus dizia as coisas para serem ouvidas. Ele as falava e não escrevia, tanto que a única vez que temos Jesus escrevendo foi quando a mulher adúltera foi pega, e mesmo assim nem sabemos o que o nosso mestre estava escrevendo.

Pensando nisso, os cristãos da igreja dos primeiros séculos utilizavam um método para se ouvir a palavra escrita. Para se digerir a comida sólida que Deus nos dá através da palavra escrita. Esse método se chama Lectio Divina. Eles aplicavam a concentração em ouvir Deus e relaxamento para ficarem mais sensíveis a voz de Deus. Após o momento de concentração e relaxamento eles liam um pequeno trecho da bíblia e em seguida continuavam sua meditação durante certo tempo, em seguida da meditação, liam o mesmo trecho a segunda vez e meditavam novamente e, por fim, liam a terceira vez e meditavam na palavra. Assim eles conseguiam tornar a palavra escrita em palavra falada, e assim eles tinham ouvidos para ouvir, faziam parte da palavra e ouviam o nosso bom Mestre.

Acho interessante que muitas das reclamações que eu ouço e faço são as de que Deus não está falando conosco. Acho que o que Deus mais quer fazer é falar com a gente. Após experimentar um tempo de devocional com a Lectio Divina vi que Deus quer o momento de falar só pra Ele, e do jeito que Ele faz, sem pressa, sem confusão, porque só assim teremos ouvidos para ouvir.
Vamos parar a nossa vida fora de eixo para ouvirmos Deus. Vamos parar, sossegar, meditar, ouvir o nosso Deus. Ele tem muita coisa pra falar!

2 comentários:

Aefe! disse...

Texto inspirador.
Tinha um presbítero na minha igreja que sempra perguntava, em suas aulas na EBD:
"Santo Agostinho, uma vez, ficou de noite até de madrugada lendo o salmo 23. Quantas vezes vc acha que ele leu?" Aí a gente respondia: 23, 44, 99...

e ele sempre respondia: uma única vez!

Saudade do cê veião...

Robinson J. De Souza (Roberas) disse...

Olá rapaziada...

Como diria o APC16: É muita TRETA!(rs)

obrigado pela gentileza do link no blog...
E Respondendo a pergunta do Aefe: Não fiz Mack não, Fiz UAM mas hoje faço mestrado em Londrina (PR).

Quanto ao 'Lectio Divina', gostei do post, tenho algumas obs, mas farei (com tempo) depois...mas o que mais me chamou a atenção e virou a "frase do dia" pra mim, foi qdo vc diz que: "Porém, nós estamos acostumados a simplesmente pegar e lê-la, sem ouvi-la".
e Infelizmente é assim mesmo...

abraço fraterno

"Linka que eu te linko"